24 de nov de 2010

O mar quando quebra praia...


Eu e Victor voltando para casa eu tentando distraí-lo, afinal que aguenta engarrafamento!!??

eu: Olha, filho o mar!!
Victor: A nuvem do mar.
Eu????

Meus olhos estão desacostumando a perceber o mundo de uma maneira tão pura e poética! Mas finalmente entendi: ele se referia a espuma que forma na água quando a onda se quebra!


19 de nov de 2010

Par favor, o último!!

A cada dia Victor me surpreende com a sua desenvoltura e ampliação de seu vocabulário! Fico impressionada com a rapidez com que aprendes as palavras e como as empregas no momento correto! (Mais uma para a série: meu filho é um E.T gênio rsrs ).

Depois de uma tarde de domingo em casa "Papai não queria passear".

Após uma manhã na casa da vovó " Tchau. vovó. Obridado"

Quando anoitece " O céu ta escuro. Dormir"

Quando quer alguma coisa que a gente não quer mais que ele coma, por exemplo. "Par favor, o último."

Sem um lugar adequado para trocar a fralda, papai o troca no banheiro em pé mesmo, e quando acaba..." Ta beleza, papai"

Quando ele lembra de alguém que não ver a algum tempo " Victor ta com soldade..."


E assim, eu continuo cada dia mais babona!!

Ah! Falta agora ele aprender o significado de eu...quando ele quer alguma coisa ele diz: "Victor quer água..." ou então "Você quer água...". Bem, a lógica dele é corretíssima, afinal perguntamos a ele " Você quer..."

12 de nov de 2010

Ninovo

Seguindo a dica da Paloma, chegaram os livrinhos de Victor enviados pela Fundação Itaú Social.
Ele adorou os livrinhos, o de parlenda rapidamente tornou-se o preferido.

"...A barata é valente,
Que dá no tenente.
O tenente é mofino,
Que dá no menino.
O menino é danado,
Que dá no soldado.."

Basta ele ouvi a palavra "danado" que ele prontamente diz :" Ninovo".

Ele adora acordar cedo sobe no encosto do sofá da sala e começa a gritar " menino, danado..." acompanhado de uma gargalhada gostosa!
Identificação total com o menino danado da parlenda rs rs