18 de dez de 2009

Resumão

O Brasil tem me deixado enebriada. É estranho depois de dois anos e meio voltar para casa...uma sensação que ainda não encontrei muito bem uma palavra para explicar, é como se eu nunca tivesse saído e ao mesmo tempo um estranhamento, uma insegurança e um receio do "conhecido".

A viagem de avião, considerando as 8:30 de vôo mais espera e tal, foi até tranquila.
Victor não quer saber de ninguém, ta mais grudado em mim (é isso mesmo mamães?), o calor tá muito forte. Ele fica irritado. Comer também ta uma dificuldade. Os avós, tios, primos, na ansiedade para que ele fique cheio de sorrisos e brincadeiras. Mas ele não quer. E parece que as pessoas não entendem bem isso!!

Começou com os primeiros passinhos, toma 5 banhos frios por dia, dormiu na rede, fez o seu primeiro corte de cabelo, ja comeu beiju, tomou água de coco, comeu banana da terra cozida, pão de milho (ops, mamãe...vai ver é por isso que na hora de comer de verdade ele não tá muito fim!!!).

Bem, com calma volto e conto mais coisinhas!!





Um comentário:

piscardeolhos disse...

Ai, Roberta, toda vez que eu vinha de Londres pra cá me sentia uma marciana. E olha que eu vinha 1 vez por ano. Mesmo assim ficava com a sensação de que não falávamos a mesma língua. Depois passava. Mas daí já era hora de voltar pra Londres.
Quanto ao pequeno, não dá pra exigir sorrisos e bom humor o tempo todo, não! Muita mudança, tadinho! Imagina que a cabeça dele tem que administrar tudo isso?? E bem nessa fase dos primeiros passos, que já é, por si só, um turbilhão de novidades (e, sim, eles passam a se agarrar na mamãe de forma enlouquecedora, eu achei...)
Querida, aproveite muito esse tempo aqui, tire muita foto e tenham um excelente 2010!!
Beijos da xará!